NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum NovaCrítica-vinho.com
Forum de Discussão
 
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar 
 PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Vendo ou troco Monte d'Oiro Homenagem a António Carqueijeiro

 
Novo Tópico   Responder Mensagem    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Compra & Venda
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
ldiogo



Registrado: Domingo, 9 de Dezembro de 2007
Mensagens: 27

MensagemEnviada: Qua Fev 20, 2008 5:15 pm    Assunto: Vendo ou troco Monte d'Oiro Homenagem a António Carqueijeiro Responder com Citação

Vendo pela melhor oferta o vinho Quinta do Monte d'Oiro
Homenagem a António Carqueijeiro 1999; ou troco pelas 3 seguintes garrafas:

[b]1 garrafa TERRENUS RESERVA TINTO DE 2004;
1 garrafa PAULO LOUREANO ALICANTE BOUCHET TINTO 2005;
1 garrafa QUINTA DO VALE MEÃO TINTO 2005


Referencias acerca deste vinho:
Tipo | Tinto
* Graduação | 13% Vol
* Castas | 94% Syrah e 6% Viognier
*Estágio | Passou duas vezes por barricas totalmente novas de carvalho francês Seguin Moreau (9 meses em cada barrica nova, num total de 18 meses). Ou seja, tem 200% de madeira nova. Estagiou ainda mais de 1 ano em garrafa antes do seu lançamento no mercado.
Opiniões e Críticas Publicadas

Amaya Cervera, Sibaritas ("Duelo ibérico"), Revista Futuro, Dez 2002
"El ganador, un exótico tinto de Syrah: (...) Los catadores portugueses quedaron encadilados por su carácter floral, la madera muy bien integrada y un original toque de violeta. Los españoles descubrieron rasgos minerales y de monte bajo, valoraron la perfecta conjunción de madera y fruta, y la boca envolvente y poderosa a la vez."


David Lopes Ramos, Fugas - Público ("Subir aos Céus com o Monte D'Oiro"), 14 Dez 2002
"Fixem este nome, caso apreciem vinhos tintos. Pensado e elaborado em Portugal, tem qualidade bastante para o confronto com os melhores vinhos do mundo. (...)
A vitória (...) não é obra do acaso. É fruto do saber e do querer de José Bento dos Santos que criou, na sua bela Quinta do Monte D'Oiro, as condições necessárias para o efeito.
(...) Trata-se de um tinto com capacidade de criação de momentos de grande e raro prazer. Extremamente concentrado nas suas componentes visual, aromática e de paladar, é um tinto raro e precioso, com um perfil exótico. É carnudo, sensual, esbelto e vigoroso de corpo, sedutor, fino, harmonioso, com um final intenso, longo, persistente. Com mais uma qualidade: pode ser bebido desde já, mas tem características que lhe auguram uma favorável evolução em garrafa pelo menos durante os próximos 10 anos. Aprecia a companhia de trufas, seja das francesas, seja das italianas de Alba. Também não desdenha a galinhola, o fidalgo!"


Manuel Gonçalves da Silva, Exame ("Carqueijeiro 1999: Gosto sentido"), 26 Junho 2002
"Este vinho tem uma estrutura grandiosa, à medida da devoção com que foi feito, em homenagem a um grande homem.
À casta tinta Syrah foi buscar a cor intensa, o aroma a frutos pretos, os taninos firmes; da casta branca Viognier herdou o belíssimo perfume e a textura sedosa e rica. Ficou um modelo de elegância e harmonia. Apresenta-se exuberante no nariz e opulento na boca, com um final muito longo e persistente. Só um vinho tão nobre como este teria as características adequadas para homenagear António Mário Carqueijeiro.
(...) é um vinho de grande gabarito, ao mesmo tempo poderoso, carnudo, subtil, intenso, enfim, de grande complexidade. Está pronto para ser bebido e apetece, mas... se ficar na garrafa por mais uns bons anos, até atingir o seu apogeu, promete uma boa recompensa."


João Paulo Martins, Vinhos de Portugal 2003, Set 2002
Os Melhores do Ano: “[Um vinho] a todos os títulos notável (...). O resultado é um vinho delicado, marcado pela madeira mas com uma concentração enorme, só possível com a ínfima produção por hectare que tem. Para além do Syrah também tem um pouco de Viognier mas apenas como condimento no lote final. É difícil esquecermo-nos deste tinto."


Guilherme Rodrigues, Gula ("Degustação"), Nov 2003
"Belíssimo tinto, muito perfumado, complexo. Tem beleza exótica e elegante. Encorpado, refinado, especiarias, café, cacau, balsâmico, baunilha, na dose certa, temperam mas não se sobrepõem ao delicioso frutado lembrando morango e figo muito maduros. De longe, o melhor Syrah português, à altura dos célebres vinhos de Hermitage e Côte-Rotie."


Luis Gutiérrez, Jens Riis, Juan Manuel Ibáñez, www.elmundovino.com ("Homenagem a António Carqueijeiro"), Março 2003
"Guinda picota, prácticamente opaco. Aroma de buena intensidad, con notas tostadas en primer plano que continúan con recuerdos de frutas rojas, cera y polen y un fondo de aceituna negra. En boca es rico, sabroso, con acidez equilibrada, mucha fruta, fácil de beber y con una gran persistencia."


José Peñín, Guía Peñín Magazine ("Los mejores vinos de Portugal... y del Mundo"), Dez 2003 / Jan 2004
"Resalta algo la madera, toques de ebanistería, tostado, maduro."


Revista de Vinhos ("Prémios de Excelência"), Fev 2003
"Este tinto é um vinho de convicção. (...) Fica o consumidor a saber que em Alenquer também se pode fazer vinho de 'recorte' francês com grande nível."


João Afonso, Anuário de Vinhos 2004, Set 2003
"Muito maduro e opulento no aroma. Cheio de fruto e aromas complexos e intensos de boa barrica de estágio; muita especiaria, chocolate, caixa de charuto. Na boca é amplo e quente e sem perder frescura e notas balsâmicas, taninos muito sólidos, requinte e madurez são as palavras chave deste produto da natureza."


Hélder Pinho, A Capital ("Vinhos d'Oiro "), 2 Fev 2003
"De aroma e sabor subtis mas poderosos. Sedoso mas intenso, insinua-se na boca de forma expressiva, omnipresente, contudo, suave."


Manuel Ferreira de Castro, Homem Magazine ("Bons beberes"), Fev 2003
"Um tinto talvez único. Muito concentrado nas suas componentes visual, aromática e de paladar (...). Um tinto de perfil exótico e mérito excepcional (...)."


António Carró, 10 Grandes Vinhos Portugueses, Nov 2003
"(...) é inesquecível pela sua arquitectura grandiosa. Exemplo nobre de elegância e harmonia é, ao mesmo tempo, poderoso e subtil, sendo que a degustação de hoje pode ser altamente enriquecida se o deixarmos repousar na garrafa durante um bom par de anos.
Além de toda a sua caracterização de aromas, paladares e cores, este vinho reserva-nos outros tesouros. Tratando-se de uma homenagem a um grande homem (...), não bastam os cinco sentidos para apreciar este tinto. Ele exige-nos um sexto sentido, o dos afectos. Este Monte d'Oiro vem provar que não basta sabedoria e técnica para produzir um grande vinho, é preciso também paixão, uma razão maior."


Saul Galvão, Gula ("O gourmet que faz vinhos"), Ago 2004
"É um tinto maravilhoso. (...) um tinto complexo, com belíssimo equilíbrio entre fruta e madeira, redondo e muito longo."


Ennio Federico, Gula ("Degustação"), Nov 2003
"Muita fruta, bem equilibrado, elegante, final longo."


David Lopes Ramos, Fugas - Público ("Soltas"), 21 Set 2002
"(...) um grandíssimo tinto que resume toda a filosofia de produção dessa figura singular de 'gourmet', sibarita, homem de cultura e empresário que é José Bento dos Santos (...)."


João Paulo Martins, Rotas do Vinho - Expresso ("No topo"), 2 Ago 2003
"Este tinto (...) tornou-se um objecto de culto. Cuidado extremo na selecção das uvas, pequena produção por cepa e grande rigor na adega deram origem a um tinto de rara concentração, muito rico de aromas e com forte presença da madeira nova onde estagiou."


João Paulo Martins, Revista de Vinhos ("Novas Regiões"), Set 2002
"O aroma está com boa presença da madeira, que aparece aqui no melhor da sua qualidade, e o fruto é muito denso mas elegante. A grande concentração revela-se também na boca, já que o vinho se mastiga e tem um final muito, muito longo. Um vinho de grande classe."


João Afonso, A Minha Selecção 2003, Set 2002
"Um grande tinto. (...) As resinas de madeiras (cedro e carvalho) dominam ainda o aroma repleto de especiarias com fruto bem maduro num estilo fresco e estimulante. Solidamente estruturado, cheio de especiarias, taninos finos e bem firmes, fruto sóbrio e um final muito longo (...)."


16ª Feira do Vinho, Pingo Doce, Set 2002
Raros e Preciosos: “(...) este tinto opulento e poderoso é o mais raro (e para muitos o melhor) dos vinhos da Quinta do Monte d’Oiro."
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
alentejano



Registrado: Domingo, 27 de Outubro de 2002
Mensagens: 4168
Localização: Vila Viçosa

MensagemEnviada: Qua Fev 20, 2008 7:16 pm    Assunto: Responder com Citação

16ª Feira do Vinho, Pingo Doce, Set 2002

Foi exactamente aí que o comprei por um preço que não passou dos 38€ a garrafa.
_________________
João Pedro Carvalho
Alentejo, uma paixão.
http://copod3.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
mlpaiva



Registrado: Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2002
Mensagens: 4961
Localização: where the streets have no name ;-)

MensagemEnviada: Qua Fev 20, 2008 11:33 pm    Assunto: Responder com Citação

alentejano escreveu:
16ª Feira do Vinho, Pingo Doce, Set 2002

Foi exactamente aí que o comprei por um preço que não passou dos 38€ a garrafa.

Eu também comprei (não no Pingo Doce) acções da Galp a menos de 6€... Cool
_________________
Luís Paiva

Never increase, beyond what is necessary, the number of entities required to explain anything.
William of Ockham (1285-1349), Luís Paiva (1950-20??) Snakeman
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário
alentejano



Registrado: Domingo, 27 de Outubro de 2002
Mensagens: 4168
Localização: Vila Viçosa

MensagemEnviada: Qui Fev 21, 2008 4:40 pm    Assunto: Responder com Citação

Deve ter sido no tempo que o Pêra Manca custava 35€ na adega da Cartuxa.
_________________
João Pedro Carvalho
Alentejo, uma paixão.
http://copod3.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
mlpaiva



Registrado: Quarta-Feira, 30 de Outubro de 2002
Mensagens: 4961
Localização: where the streets have no name ;-)

MensagemEnviada: Qui Fev 21, 2008 10:31 pm    Assunto: Responder com Citação

alentejano escreveu:
Deve ter sido no tempo que o Pêra Manca custava 35€ na adega da Cartuxa.

Nop! Foi já depois de a FEA deixar de vender Pêra Manca na adega (finais de 2006)...

PS: Mais vale dois pássaros na mão que um a voar... Cool
_________________
Luís Paiva

Never increase, beyond what is necessary, the number of entities required to explain anything.
William of Ockham (1285-1349), Luís Paiva (1950-20??) Snakeman
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário
Ricardo



Registrado: Quarta-Feira, 3 de Dezembro de 2003
Mensagens: 687
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Sex Fev 22, 2008 10:18 pm    Assunto: Responder com Citação

À ainda que considerar a mais extensa e completa lista de referencias a um vinho que já vi em toda a minha vida. Notável.
_________________
Os meus Cumprimentos
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
alentejano



Registrado: Domingo, 27 de Outubro de 2002
Mensagens: 4168
Localização: Vila Viçosa

MensagemEnviada: Sáb Fev 23, 2008 12:28 am    Assunto: Responder com Citação

Foi já depois de a FEA deixar de vender Pêra Manca na adega

Que foi antes ou depois da equipa de enologia ter sido mudada ?
_________________
João Pedro Carvalho
Alentejo, uma paixão.
http://copod3.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
ldiogo



Registrado: Domingo, 9 de Dezembro de 2007
Mensagens: 27

MensagemEnviada: Qua Abr 16, 2008 10:07 pm    Assunto: Responder com Citação

Troca já efectuada a contento dos dois .
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Compra & Venda Todos os horários são GMT + 1 Hora
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibido.
Responder Tópicos Proibido
Editar Mensagens: Proibido.
Excluir Mensagens: Proibido.
Votar em Enquetes: Proibido.


Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB