NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum NovaCrítica-vinho.com
Forum de Discussão
 
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar 
 PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Degustação de vinhos chilenos e argentino.
Ir à página 1, 2, 3, 4, 5, 6  Próximo
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Vinho
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Ter Jun 07, 2005 9:58 pm    Assunto: Degustação de vinhos chilenos e argentino. Responder com Citação

Hoje irei fazer uma degustação dos seguintes vinhos:

- Fond de Cave cabernet sauvignon 2001,Bodegas Trapiche,Mendoza,Argentina.

- Santa Helena selection de directorio cabernet sauvignon reserva 2001,Vinicola Vinos de Chile, central valley, Chile.

- Medalla Real cabernet sauvignon 2002, Vinã Santa Rita, valle del maipo, Chile.

Conheçem alguns deles?

Saudações
luiz otávio
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
PortoVintage



Registrado: Quinta-Feira, 24 de Fevereiro de 2005
Mensagens: 667
Localização: Porto

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 2:37 am    Assunto: Responder com Citação

Caro Luiz,

Não conheço nenhum deles.

Mas já que fala em argentinos e chilenos, comprei recentemente os seguintes:
- Trio Cabernet Sauvignon 2002, Concha y Toro, Chile
- Septima Syrah 2001, Codorníu, Argentina

Que me dizem deles?

Luiz,
Ainda não consegui comprar nenhum daqueles vinhos que me referenciou. Entretanto, já consegui provar os seguintes brasileiros:
- Marcus James Riesling 2004 (não estava mal para o preço. Mas pareceu-me um pouco doce)
- Dal Pizzol Tannat 2004 (agradável)
- Salton Cabernet Sauvignon 2003 Reserva Especial (agradável)
Estes dois tintos são bem melhores que os que eu já tinha provado anteriormente.

Abraços,
_________________
Luís Brás
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 3:32 am    Assunto: Responder com Citação

Ainda está no brasil, ou já retornou?

A linha Trio sempre tráz boas expectivas, já a a septtima não.
Acredito que irá se supreender tanto para melhor, quanto para pior com as opções vigentes.
um grande abraço
luiz otavio
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
falcao



Registrado: Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2002
Mensagens: 5553
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 8:23 am    Assunto: Responder com Citação

Nope, infelizmente não conheço nenhum dos vinhos que o Luíz Peçanha vai provar. Curiosamente, tanto os vinhos chilenos como os vinhos argentinos (sobretudo os últimos), ainda têm presença discreta em Portugal. Se vinhos de outras nacionalidades já são presença mais ou menos comum em várias garrafeiras e grandes superfícies, os vinhos chilenos e argentinos ainda são demasiado desconhecidos.
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário
PortoVintage



Registrado: Quinta-Feira, 24 de Fevereiro de 2005
Mensagens: 667
Localização: Porto

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 12:21 pm    Assunto: Responder com Citação

luiz otávio peçanha escreveu:
Ainda está no brasil, ou já retornou?

A linha Trio sempre tráz boas expectivas, já a a septtima não.
Acredito que irá se supreender tanto para melhor, quanto para pior com as opções vigentes.
um grande abraço
luiz otavio

Ainda no Brasil, DF.
Como ainda tenho mais uns 10 dias por cá, acho que vou conseguir beber boas pingas sul-americanas... Cool
Tem alguma recomendação especial por aqui na capital? Algo "a não perder"?
Um abraço!
_________________
Luís Brás
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 7:06 pm    Assunto: Responder com Citação

Caro Luis Brás,
A unica recomendação é que de uma olhada no site www.superadega.com.br, e veja se tem alguma opção da sua escolha.
nunca comprei nada por ai, mas os preços são corretos, mas como toda compra pela net tem que se ter os cuidados necessarios.
mais algumas sugestões:
- Excellente par Chandon brut réserve- R$ 50,00,
- Almaden riesiling- R$ 9,00 para conheçer.risos,
- Terrazaz alto malbec - R$ 30,00, melhor que o c.sauvignon,
- Finca Flichman Malbec reserva- R$ 35,00,
-Casillero del Diablo C.Sauvignon- R$ 28,00,
-Santa Helena selection Directorio C.Sauvignon -R$ 40,00,
-Delicato Shiraz- R$ 40,00, vinho californiano,
-Fond de Cave malbec- R$ 35,00, melhor que o c.sauvignon,
-Marques de Tomares tinto 1999-R$ 45,00, muito bom vinho, mas talvez em Portugal se ache a melhor preço. O Branco do mesmo ano era bom, mas já caiu, e muito.
O Salton classic C.Sauvignon, apesar de meio magrinho, é um vinho agradavel, sendo por mim considerado nessa faixa de preço como um dos melhores brasileiros-R$ 15,00
Da uva tannat ainda não consegui beber nenhum que me impressionou, são muitos rudes e tanicos, talvez o Dom Laurindo seja uma boa escolha, mas ainda não experimentei, a mesma constatação serve para os tannat uruguaios, que tambem não experiementei o Pisano artexea.
Abraços e boas pinga.
luiz otavio
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
Rui Vasconcelos



Registrado: Quinta-Feira, 15 de Julho de 2004
Mensagens: 1126
Localização: Porto

MensagemEnviada: Qua Jun 08, 2005 11:50 pm    Assunto: Responder com Citação

PortoVintage diz:
“Comprei recentemente “Trio” Cabernet Sauvignon 2002, Concha y Toro, Chile “

Não sei se o PortoVintage sabe que há um “Trio” Branco e dois Tintos, como abaixo poderá ver.

luiz otávio peçanha diz :
“A linha Trio sempre trás boas expectativas. Acredito que irá se supreender .”

Plenamente de acordo . É uma boa surpresa em qualquer das versões.

Falcão diz
Curiosamente, tanto os vinhos chilenos como os vinhos argentinos (sobretudo os últimos), ainda têm presença discreta em Portugal.

Concordo perfeitamente, relativamente aos Vinhos Argentinos, já quanto aos Chilenos o Falcão saberá melhor que eu que há muitos, Grandes Vinhos, neste país. Concordo que ainda são pouco conhecidos em Portugal, mas o seu crescimento em produção, qualidade e exportação tem sido espectacular. Sugiro uma atenção muito especial aos vinhos deste país.

Dos Argentinos, o único que bebi foi um :
"Tinto Crios Malbec da Região de Mendoza".
Este vinho não foi além do que eu esperava. Nada de surpreendente pela positiva, mas também não uma desilusão.
Teve pelo menos a particularidade de ser o meu primeiro vinho Argentino.

Já quanto aos Chilenos e se se lembram dum tópico “Vinhos estrangeiros – Que país lhe desperta maior curiosidade ? “, eu fui o único que votei Chile e justifiquei :
“Se se trata de “curiosidade + interesse + aprofundar conhecimentos”, numa perspectiva de diversos vinhos e não só de uma prova, a minha escolha vai para o Chile, embora já tenha bebido alguns, principalmente para procurar compreender em que se fundamenta o enorme crescimento da sua produção nos últimos anos. A relação qualidade / preço é também um aliciante. “

Participei recentemente numa “Prova Temática” exactamente relativa a toda a gama de vinhos da “Concha Y Toro”

Chilenos Concha Y Toro – Foram provados :

Linha Fronteira (Linha básica de varietais)
Sauvignon Blanc 2004
Chardonay 2004
Carmenére 2004
Merlot 2004
Cabernet Sauvignon 2004

Linha Trio (Blends médios bons )
Chardonnay/Pinot Grigio/ Pinot Blanc 2004
Merlot/Carmenére/Cabernet Sauvignon 2003
Cabernet Sauvignon/Shiraz/cabernet Franc 2003

Linha Casillero del Diablo (Varietais médios bons)
Sauvignon Blanc 2004
Chardonnay 2004
Merlot 2004
Cabernet Sauvignon 2004

Linha Terrunyo ( Varietais de melhor qualidade)
Sauvignon Blanc 2004
Carmenére 2002

Don Melchor (Topo de Gama)
Cabernet Sauvignon 2001

*) – O nome deste vinho (Casillero del Diablo) tem uma história curiosa : Laughing
Como em determinada altura era o “topo de gama” e estava armazenado em armazem próprio, o produtor chegou à conclusão que estava a ser “assaltado” pelo pessoal e arranjou um estratagema para acabar com os furtos:
Fez circular o boato que naquele armazém (casillero) aparecia todas as noites o diabo e que levava quem lá encontrasse . Foi remédio santo. O Casillero deixou de ser visitado pelos empregados e o vinho assumiu aquele nome. Laughing Wink

A linha Trio pode considerar-se equivalente à Casillero com a diferença de que se trata de Blends, enquanto que os outros são varietais.

Quer o "Trio" como o "Casillero del Diablo" vendem-se muito bem no Brasil, tanto quanto eu constatei em recente visita ao Nordeste, tendo bebido vários destes vinhos. Uma agradável surpresa ! Trata-se de vinhos que ombreiam com qualquer dos correspondentes do velho mundo.

Enquanto que o “Fronteira” é um vinho básico, de gama baixa, já o Terrunyo é de qualidade mais elevada, deixando a categoria de topo de gama para o “Don Melchor”, um vinho realmente já muito especial, um belíssimo vinho, tão bom quanto os melhores Cabernet Sauvignons europeus.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
falcao



Registrado: Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2002
Mensagens: 5553
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Qui Jun 09, 2005 11:43 am    Assunto: Responder com Citação

Rui Vasconcelos escreveu:
(...) Falcão diz
Curiosamente, tanto os vinhos chilenos como os vinhos argentinos (sobretudo os últimos), ainda têm presença discreta em Portugal.

Concordo perfeitamente, relativamente aos Vinhos Argentinos, já quanto aos Chilenos o Falcão saberá melhor que eu que há muitos, Grandes Vinhos, neste país. Concordo que ainda são pouco conhecidos em Portugal, mas o seu crescimento em produção, qualidade e exportação tem sido espectacular. Sugiro uma atenção muito especial aos vinhos deste país. (...)

O Tiago é que é o nosso "especialista" nos vinhos chilenos, mas bem sei que existem vários produtores e vinhos excepcionais (já os vinhos argentinos são para mim perfeitos desconhecidos, tendo apenas provado uma meia dúzia, se tanto). Por isso mesmo o meu espanto manifestado na mensagem anterior de os vinhos chilenos terem uma distribuição/importação tão limitada.

O Chile tem todas as condições para ser um "case study", pois em poucos anos conseguiu impor-se nos mercados internacionais mais competitivos, sem beneficiar da facilidade de ter o inglês como língua de apoio. Por outro lado, começou por impor-se como produtor de vinhos baratos, de boas relações qualidade/preço, tendo conseguido subir a escada de preço e qualidade a pulso, de forma sustentada... e meteórica. Ainda me recordo perfeitamente de ler na Wine Spectator e Decanter, o espanto dos críticos por o Chile começar a colocar no mercado vinhos na ordem dos 40€. A previsão de fracasso era quase consensual, porque a imagem do Chile era de vinhos "good value for money", mas a verdade é que as previsões falharam e hoje o Chile concorre globalmente, ocupando quase todos os segmentos do mercado... com sucesso!

Que lições retiram os produtores portugueses (ou espanhóis, franceses, etc) desta realidade?
 
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário
PortoVintage



Registrado: Quinta-Feira, 24 de Fevereiro de 2005
Mensagens: 667
Localização: Porto

MensagemEnviada: Qui Jun 09, 2005 2:49 pm    Assunto: Responder com Citação

luiz otávio peçanha escreveu:

Abraços e boas pinga.
luiz otavio

Caro Luiz, muito obrigado pelas suas sugestões. A ver se conseguirei provar alguns deles.
Ontem ao jantar, provei um outro vinho brasileiro: Dueto Pinot Noir/Shiraz 2004, Casa Valduga. Foi provavelmente o melhor vinho brasileiro que bebi até hoje. É um vinho com algum corpo, é seco Very Happy e, sem ser um vinho exceptional, bebe-se com prazer.

Rui Vasconcelos escreveu:

Não sei se o PortoVintage sabe que há um “Trio” Branco e dois Tintos, como abaixo poderá ver.

Não sabia. Mas este que comprei não é um blend... Confused É mesmo monocasta, Cabernet Sauvignon...
_________________
Luís Brás
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Qui Jun 09, 2005 5:43 pm    Assunto: Responder com Citação

Coloco o resultado da degustação dos vinhos mencionados:

Fond de Cave Cabernet sauvignon 2001.
13,5% alcoo
Rubi retinto com reflexos alaranjados, quase opaco, brilho médio, com lágrimas em varias etapas.
Aromas intensos empireumáticos( torrefação,tabaco,chocolate), ameixa em compota, especiarias( alcaçuz,pimenta preta e leve pimentão),couro e notas de fermento.persistente.
Na boca mostrou ameixa madura, madeira,tabaco,chocolate amargo e um final meio enjoativo de caramelo(açucar queimado).
Alcool e acidez adequados, textura macia, taninos adequados(bons), bom corpo, equilibrado e evolução muito boa. retrogosto de boa persistencia.nota 14,5

Medalla Real Cabernet sauvignon 2002.
14% alcool
Cor purpura com pequeno halo de evolução, opaco,brilho intenso, com lagrimas bem definidas e numerosas.
Aromas complexos e elegantes com tostado, ameixa em compota, uva passa branca, anis, pimenta verde e uma violeta bem definida.persistente
Na boca não confirma a elegancia do nariz, mostrando ameixa madura, o alcool e o carvalho, a boa acidez suaviza um pouco o alcool.
Acidez adequada, alcool quente, textura macia, taninos adequados(finos), bom corpo,equilibrado(quase), evolução muito boa.retrogosto de otima persistencia(madeira). nota 15

Santa Helena Selection de Directorio Cabernet sauvignon 2001.
14% alcool
Cor granada sem reflexos , pouco transparente,brilho intenso, com lagrimas bem definidas e numerosas.
Aromas de ameixa, tostado,pimenta, suor, leve violeta e leve baunilha.persistente.
Na boca se mostra levemente tanico, ameixa carnuda, chocolate amargo e caramelo, muito agradavel.
alcool equilibrado, acidez adequada, textura sedosa, tanico para adequado(finos), bom corpo, equilibrado, evolução muito boa. retrogosto de otima persistencia e agradavel. nota 15,5
Tres Cabernet sauvignon que embora não diferissem muito nas notas foram completamente diferentes entre si.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
mbwinetrader



Registrado: Quinta-Feira, 29 de Janeiro de 2004
Mensagens: 365
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Qui Jun 09, 2005 6:56 pm    Assunto: Responder com Citação

A linha Trio 'e composta de varios vinhos, varietais ou blends. A ideia 'e a seguinte (e consta nos rotulos):

Quando Varietal, as uvas sao seleccionadas de 3 vinhas com caracteristicas diferentes e complementares (dai o trio).

Quando Blend, 'e composto por 3 castas em proporcoes diferentes com base num perfil mais "comercializavel". No Reino Unido 'e um sucesso!

Ja existe em Portugal?
_________________
Miguel Buccellato
Respect the Grape!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Sáb Jun 11, 2005 7:56 pm    Assunto: Responder com Citação

Caro mbwinetrader,
concordo com a sua colocação em relação a linha trio, tem as monovarietais e as com trinca de castas diferentes.
a linha trio está situada num posição acima da linha casillero del diablo, pelo menos no quesito preço.
abraços
luiz otavio
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Qua Jun 15, 2005 3:47 pm    Assunto: Responder com Citação

mais alguns vinhos, degustados ontem, incluindo dois brasileiros.

Salton Assemblage Cabernet/Merlot ( sem safra).
Vinicola Salton. Bento Gonçalves/RS/Brasil
12% alcool
Rubi com reflexos violáceos,brilho medio, escorregadio.
nariz simples com ameixa,e pimentão.pouco persistente.
Na boca frutas vermelhas, muito doce(açucar/chaptizado), alcool sobressaindo e leve amargor final. persistencia media. nota 10,5.

Adega do vale cabernet/shiraz 2003.( Rio Sol?)
Vinicola Vinibrasil. Vale do São Francisco/Brasil.
12,5% alcool
Rubi de boa intensidade cromatica,rebordos alaranjados,pequeno halo de evolução( vendo assim pareçe mais velho do que é), lagrimas variadas.
Nariz intenso de frutas(ameixa,cereja,cassis),compota,chocolate,notas de especiarias e nuances de violeta.media persistencia.
Na boca mostrou frutas vermelhas maduras, e final de madeira.
Seco, amargor sutil,alcool equilibrado,acidez adequada, textura macia, tanico(bons), corpo medio, equilibrado,evolução boa. Retrogosto medio de chocolate e uma madeira excessiva. nota 13

Las Moras malbec 2003.
Vinicola Finca Las Moras,Penãflor.San Juan/Argentina.
13% alcool
Purpura com pequeno halo, brilho medio, lagrimas definidas e abundantes.
Nariz abrindo em empireumáticos(tabaco), alcool, e frutas(amora,ameixa,jabuticaba e morango).persistente.
Na boca mostrou frutas vermelhas e pretas maduras, leve madeira e uma doçura um pouco excessiva.
seco, amargor fugaz, alcool equilibrado,acidez adequada, textura aveludada, taninos adequados(bons). encorpado, equilibrado e evolução muito boa.retrogosto persistente. nota 13,5

Santa Julia malbec rotulo branco 2002.
Vinicola Familia Zuccardi/Mendoza/Argentina.
13% alcool
Purpura, sem halo, brilho medio, lagrimas finas,abundantes e definidas.
Nariz com frutas(amora,jabuticaba), baunilha,tostado e café.media persistencia.
Na boca frutas vermelhas, um pouco tanico, leve alcool e carvalho no final.Seco, amargor sutil, alcool levemente quente, acidez adequada, textura macia, tanico(bons), encorpado, equilibrado e evolução muito boa. retrogosto persistente de frutas e carvalho. nota 14

Sunrise carmenere 2003.
vinicola Concha y Toro/Valle central/Chile.
13,5 % alcool
Rubi com reflexos violáceos, media conc, sem halo, brilho intenso, lagrimas grossas.
No nariz apareceu um enxofre fugaz(depois sumiu, excesso de sulfito?), as frutas ( ameixa, figo e banana), a baunilha, o vegetal(grama)e depois de alguns minutos café intenso.persistente
Na boca frutas pretas, chocolate amargo, café e um leve mentol.
Seco, amargor sutil, alcool levemente quente, acidez muito adequado, textura macia, tanico para adequado(bons), encorpado, equilibrado e evolução muito boa. retrogosto persistente e agradavel.nota 14,5

Terrazaz Alto malbec 2002.
vinicola Terrazaz de Los Andes/mendoza/Argentina.
13,7% alcool
Granada/purpura, com pequeno halo, brilho intenso,lagrimas definidas.
Nariz com frutas(amora,ameixa) em compota, baunilha, tostado,tabaco, e um leve floral(cravo,hortensia).persistente
Na boca mostrou frutas vermelhas em compota, carvalho e malte(leve).
seco, amargor sutil,alcool equilibrado, acidez adequada, textura sedosa, tanico para adequado(bons), encorpado, equilibrado, evolução muito boa.retrogosto boa persitencia. nota 15
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
PortoVintage



Registrado: Quinta-Feira, 24 de Fevereiro de 2005
Mensagens: 667
Localização: Porto

MensagemEnviada: Qui Jun 16, 2005 11:50 am    Assunto: Responder com Citação

luiz otávio peçanha escreveu:
Da uva tannat ainda não consegui beber nenhum que me impressionou, são muitos rudes e tanicos, talvez o Dom Laurindo seja uma boa escolha, mas ainda não experimentei, a mesma constatação serve para os tannat uruguaios, que tambem não experiementei o Pisano artexea.
Abraços e boas pinga.
luiz otavio

Luiz Otávio,
Levo comigo de regresso as seguintes garrafas:
- Marson Riesling Reserva 2002
- Aurora Gewurztraminer Reserva 2003
- Don Laurindo Tannat 2000

Daqui a umas semanas, após os vinhos descansarem da viagem, dou-lhe o meu feedback.

Abraços,
_________________
Luís Brás
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
luiz otávio peçanha



Registrado: Quarta-Feira, 19 de Janeiro de 2005
Mensagens: 1403
Localização: piracicaba/sp/brasil

MensagemEnviada: Qui Jun 16, 2005 12:06 pm    Assunto: Responder com Citação

ok, fico aguardando, vamos ver quais serão suas impressões.
Abraços
luiz otavio
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular MSN Messenger
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Vinho Todos os horários são GMT + 1 Hora
Ir à página 1, 2, 3, 4, 5, 6  Próximo
Página 1 de 6

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibido.
Responder Tópicos Proibido
Editar Mensagens: Proibido.
Excluir Mensagens: Proibido.
Votar em Enquetes: Proibido.


Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB