NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum NovaCrítica-vinho.com
Forum de Discussão
 
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   MembrosMembros   GruposGrupos   RegistrarRegistrar 
 PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares   EntrarEntrar 

Entrevista com Jorge Moreira (Poeira/Enólogo)
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4, 5
 
Novo Tópico   Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Entrevistas On-line
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
alentejano



Registrado: Domingo, 27 de Outubro de 2002
Mensagens: 4168
Localização: Vila Viçosa

MensagemEnviada: Qui Dez 11, 2008 11:12 pm    Assunto: Responder com Citação

O ser humano sempre ambicionou por mais e melhor, é nessa sua inquietação do pensamento que descobre e inventa, digamos que cria.

Penso que cada enólogo tem sempre um objectivo na vida, aquele que se traduz basicamente em fazer um grande vinho.

O Poeira é já um grande vinho, mas gostava de perguntar se encara o Poeira como o seu expoente máximo como enólogo, ou se é apenas o caminho para lá chegar ?
_________________
João Pedro Carvalho
Alentejo, uma paixão.
http://copod3.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 9:32 am    Assunto: Responder com Citação

luiz otávio peçanha escreveu:
Caro Jorge,
Muito obrigado pelas respostas e pela excelente entrevista.

Luiz Otávio


Caro Luis,


Muito obrigado pelas perguntas.

Jorge
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 9:35 am    Assunto: Responder com Citação

dirk niepoort escreveu:
- Quando por aí se fala nos Poeira, raramente vejo referências ao 2002, que será talvez aquele que mais me agradou até ao momento (não conheço o 2006), levando-me a pensar que será da opinião geral que terá sido o menos bem conseguido (talvez por causa do ano). Qual é a sua opinião?



para mim o 02 tambem e o poeira que gosto mais.
dirk


Tu gostas de gostar do 02.

Até sabado

Jorge
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 9:38 am    Assunto: Re: vindima 07 Responder com Citação

JoãoL.P. escreveu:
jorge moreira escreveu:
As vindimas em 2007 correram muito bem


Foram espectaculares! Very Happy

Um abraço de mais um grande fã do Poeira



Olá João,

Só ontem percebi que és, desculpa.

As vindimas na la rosa em 07 foram espectaculares muito graças ao teu trabalho.

Um abraço

Jorge
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 10:16 am    Assunto: Responder com Citação

Pedro Gomes escreveu:
Lamento se porventura as pestanas já queimem mas, tem que ser...

1- Em termos genéricos, que opinião tem relativamente ao modo como a nossa restauração trata o vinho, sobretudo os de melhor qualidade? Em que aspectos urge adoptar uma nova atitude?

Salvo algumas excepções, trata mal. Há pouco conhecimento e possibilidade de aconselhamento por parte de quem serve, pouco cuidado com a temperatura, com os copos e um exagero nos preços. Mas tem vindo a melhorar imenso nos últimos tempos.

Pedro Gomes escreveu:
2- Por vezes esquecemo-nos, mas o vinho começa por ser uma questão cultural. E confesso que me sinto apreensivo perante a rapidez com que se instalou a "geração shot". Vamos assistindo impávidos e serenos a este reposicionamento de gostos e hábitos de consumo dos mais novos e esquecemo-nos de que eles são o mercado... de futuros! E, claro está, um dia a casa vem abaixo...

Concorda com esta perspectiva? As entidades com competência nessa matéria mostram-se actuantes? Que papel pode e deve ser exigido aos produtores?

Penso que passamos de uma fase em que o vinho era consumido por todos, mas vinho de péssima qualidade e de uma forma muitas vezes excessiva, para outra em que, houve uma abertura de Portugal ao mundo e apareceram outras bebidas alternativas, em que o vinho começou a ser cada vez mais esquecido. Agora estamos numa fase, segundo o meu ponto de vista, de recuperação onde surgem vinhos muito mais interessantes e que lentamente estão a criar consumidores mais conhecedores e exigentes.

Precisamos nós produtores de fazer cada vez mais bons vinhos a bom preço e a restauração tem que promover cada vez mais o vinho a copo, com vinhos interessantes, em ambientes agradáveis e preços razoáveis, para assim mudarmos os hábitos de consumo e aproximarmo-nos mais do que se passa por exemplo em Espanha.

Pedro Gomes escreveu:
3- Este frenesim do dia-a-dia leva a que estejamos a consumir os nossos melhores vinhos excessivamente novos, ainda longe do seu apogeu. Isso parece-me perigoso porque interfere com aspecto culturais que desde cedo demarcaram o vinho das demais bebidas: perde-se o encanto do ser vivo que, tal como as pessoas, só com o tempo moldam a sua personalidade, perde-se o encanto da complexidade aromática, perde-se o encanto com o carácter secular de certos vinhos (Porto incluído), perde-se o encanto da garrafeira. Enfim...

Como inverter este estado de coisas ou esta é uma batalha perdida? Que estratégias para combater esta tendência? Constitui uma reserva estratégica dos seus vinhos (pequena é claro) para só a deixar chegar ao mercado no seu apogeu?

Concordo completamente é realmente uma pena, estive em Itália recentemente e os vinhos que me aconselharam para beber em dois restaurantes diferentes foram um 2001 e um 1997. Deu-me imenso prazer beber estes vinhos mas tenho quase a certeza de que pelo menos um em novo não iria gostar.

Somos todos muito jovens tanto os produtores como os consumidores, temos muita vontade de fazer e de conhecer, com o tempo penso que tudo se irá equilibrar. Se calhar esta crise que vem aí vai (infelizmente!) ajudar.

A partir do 2004 guardo todos os anos cerca de 120 gr de cada vinho mas não para comercializar, para já todo o dinheiro é pouco. Espero no futuro poder guardar mais vinho para o poder lançar mais tarde. Adorava por exemplo só ter posto no mercado o 2003 agora.

Pedro Gomes escreveu:
4- Achei muito curiosa a sua descrença face aos príncipios da biodinâmica.

É legítimo retirar das suas palavras que há muito marketing por detrás dessa filosofia? Como se justifica então a postura de total comprometimento com esses príncipios por parte de nomes como Anne-Claude Leflaive (Domaine Leflaive) e Lalou-Bize Leroy (Domaine Leroy), dois nomes incontornáveis da Borgonha... e do mundo!?

Não, de forma alguma. Todos os produtores que conheço (poucos) que seguem os princípios da biodinâmica parecem-me ser absolutamente sérios e comprometidos com as suas crenças. Alguns fazem dos melhores vinhos do mundo (como os exemplos que deu) mas alguns fazem dos piores do mundo também. Não consigo acreditar que enterrar um corno no chão, ou cortar ervas ao luar com uma tesoura de prata, possam interferir com a qualidade final do vinho. Penso ser uma questão de fé ou se tem ou não...

Pedro Gomes escreveu:
Um grande abraço e ... até amanhã!

Um grande abraço e... até já!
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 10:18 am    Assunto: Responder com Citação

Gus escreveu:
luiz otávio peçanha escreveu:
Caro Jorge,
Muito obrigado pelas respostas e pela excelente entrevista.

Luiz Otávio


Subscrevo as palavras do Luis Otávio.


Muito obrigado pela atenção.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sex Dez 12, 2008 10:33 am    Assunto: Responder com Citação

alentejano escreveu:
O ser humano sempre ambicionou por mais e melhor, é nessa sua inquietação do pensamento que descobre e inventa, digamos que cria.

Penso que cada enólogo tem sempre um objectivo na vida, aquele que se traduz basicamente em fazer um grande vinho.

O Poeira é já um grande vinho, mas gostava de perguntar se encara o Poeira como o seu expoente máximo como enólogo, ou se é apenas o caminho para lá chegar ?

Pedro[/quote]

Espero sinceramente que não porque de outra forma o resto da minha vida (que espero seja ainda longa!) vai ser muito desinteressante.

Agora um pouco mais a sério, sinto que estou a começar. Estou a aprender muito, tanto acerca dos vinhos como das vinhas que estão também a melhorar imenso, sei que há ainda uma enorme margem de progressão.

Ontem estive numa prova de Douros no Porto e levei o Poeira 2006. A vindima de 2006 foi muito difícil para as vinhas velhas e eu tive que usar mais vinhas novas do que habitual no lote para o equilibrar. E o vinho está francamente Bom, se esta vindima me acontecesse à uns anos atrás o resultado seria outro.

Na verdade ainda não olhei para um vinho meu e pensei Grande Vinho e não sei se vai acontecer mas de certeza que vou tentar.

Um abraço

Jorge
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Sáb Dez 13, 2008 8:15 pm    Assunto: Responder com Citação

Caros,

Como parece que chegamos ao fim das perguntas, queria agradecer uma vez mais à nova critica pela oportunidade que me proporcionou de partilhar convosco um pouco do meu trabalho e das minhas opiniões, assim como a todos os que participaram pelas excelentes perguntas que me obrigaram a alguma reflexão e que transformaram esta entrevista num momento interessantíssimo para mim.

O meu agradecimento também pelos simpáticos cumprimentos e apreço demonstrado pelo meu trabalho, o que me foi extremamente gratificante.

Finalmente o meu obrigado para todos os que tiveram a paciência para me ler.


Até Breve.

Jorge Moreira
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Spice Girl



Registrado: Quarta-Feira, 4 de Janeiro de 2006
Mensagens: 6059
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Dom Dez 14, 2008 12:10 am    Assunto: Responder com Citação

Jorge

Quero também agradecer a sua parrticipação.

Quando pensámos nestas entrevistas, achei que ia ser interessante, mas têm ultrapassado de longe as minhas expectativas iniciais. Tem sido mesmo muito, muito interessante. Não só o conteúdo das entrevistas, como também o empenho e a sinceridade da generalidade dos entrevistados. Já para não falar na disponibilidade para "nos aturar"... acredito que seja uma semana dura para quem é entrevistado... Laughing Laughing

Mais uma vez, muito, muito obrigada.

Um beijinho

Paulina
_________________
"Inquisitiveness was a key feature." Heston Blumenthal
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
Tiago Teles



Registrado: Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2002
Mensagens: 2137
Localização: Portugal

MensagemEnviada: Dom Dez 14, 2008 7:28 pm    Assunto: Responder com Citação

Jorge Moreira,

O agradecimento é todo nosso, pela paixão e sinceridade que transbordou das suas respostas, pela disponibilidade e respeito que assumiu desde o início por este espaço. Estas entrevistas on-line têm, de facto, deixado momentos muito especiais que contribuem para uma maior troca de ideias no mundo do vinho e da gastronomia, possibilitando não só a evolução do consumidor, mas também de produtores, enólogos, críticos e todos os profissionais.

Quero também agradecer a todos os foristas que deixaram o seu contributo enriquecedor. Este espaço é vosso, é para vós, e a sua força depende apenas da vossa participação.

Um abraço a todos,
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail Visitar a homepage do Usuário
pedro Pimenta CG



Registrado: Quinta-Feira, 10 de Novembro de 2005
Mensagens: 119
Localização: Guimarães

MensagemEnviada: Seg Dez 15, 2008 1:10 pm    Assunto: Responder com Citação

Também agradeço esta entrevista que muito me agradou. Serviu para reforçar a ideia que tinha de Jorge Moreira.

Para o sucesso de um vinho, principalmente de uma marca nova, não basta uma boa enologia, nem um bom "terroir", mas é necessário uma paixão e entrega sincera, simples mas com carácter e personalidade. Esta forma de estar e de agir, contibui muito, para cada vez mais, aparecerem novos consumidores apaixonados pelo mundo do vinho.

Parabéns também ao forum.
_________________
Pedro Pimenta
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Enviar E-mail
Pedro Gomes



Registrado: Segunda-Feira, 25 de Outubro de 2004
Mensagens: 1102
Localização: Lisboa

MensagemEnviada: Ter Dez 16, 2008 6:36 pm    Assunto: Responder com Citação

Caro Jorge,

Venho tarde mas esta semana está a ser terrível. Tive oportunidade para te agradecer pessoalmente, mas não podia deixar de expressar o meu agradecimento público perante a magnífica entrevista que nos concedeste. Sempre a aprender...

Um grande abraço e... até já!

Pedro

P. S. - E não escondo que já estamos impacientes relativamente a esse vinho em parceria com o Jorge Serôdio Borges. Entretanto não resisto a propor um nome: Pipo. Para além da óbvia analogia com o universo vinícola, conseguia-se uma conexão óbvia com as origens do vinho: (Pi)ntas + (Po)eira. E, se porventura quisermos chegar mais longe nessa analogia nada como Do Pipo: (Do)uro + (Pi)ntas + (Po)eira.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Rui Lourenço Pereira



Registrado: Terça-Feira, 8 de Janeiro de 2008
Mensagens: 356
Localização: Algures...

MensagemEnviada: Qua Dez 17, 2008 11:07 am    Assunto: Responder com Citação

Jorge,

Obrigado pelos conhecimentos transmitidos. Todos nós aprendemos muito com aquilo que nos transmitimos.

Relativamente ao nome da nova parceria, sugiro MOBO em homenagem aos 2 enólogos, Moreira e Borges.

Abraço,
_________________
rlp

www.artmeetsbacchus.blogspot.com
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário
jorge moreira



Registrado: Segunda-Feira, 8 de Dezembro de 2008
Mensagens: 35
Localização: douro

MensagemEnviada: Qua Dez 17, 2008 1:12 pm    Assunto: Responder com Citação

Obrigado pelas sugestões.

Tenho que falar ao Jó para lhe dizer que o difícil, que é arranjar nome, já está. Só falta o vinho Laughing

Abraço

Jorge
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder    NovaCrítica-vinho.com - Índice do Fórum -> Entrevistas On-line Todos os horários são GMT + 1 Hora
Ir à página Anterior  1, 2, 3, 4, 5
Página 5 de 5

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibido.
Responder Tópicos Proibido
Editar Mensagens: Proibido.
Excluir Mensagens: Proibido.
Votar em Enquetes: Proibido.


Powered by phpBB © 2001, 2005 phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB